jump to navigation

01>Itabira>07.08.05 maio 20, 2006

Posted by bttgeraes in 1.
trackback

………………………………………………………………………………….
Ficha Técnica

Localidade: Itabira – MG
Data: 07 de Agosto de 2005
Distância Total:
25km, em 3 horas
Reabastecimento d’água: sim
Sinal de Celular: bom
Tipos de via:
-asfalto: 30%
-trilha em campo: 25%
-trilha em mata: 35%
Navegação: fácil
Nível de Dificuldade: Fácil
………………………………………………………………………………….

O Circuito

1.jpg

Na temporada 2003 ciclistas itabiranos conectaram alguns trechos de single-track que formaram o “Circuito”. Rota assim batizada por começar e terminar no centro da cidade. Pela periferia, ela atravessa 7 bairros da região sudoeste, além de núcleos de sítios, matas, pastos, pontos de captação de água e áreas operacionais da Vale.

Os 25km cobertos não incluem nenhuma grande atração natural, sendo na verdade uma amostra dos diversos impactos causados pela expansão urbana. O que nos interessa no Circuito é o prazer de deixar o carro em casa, evitar os trechos de estradão, buscar e usar trechos de trilha e praticar por 3 horas o puro BTT.

5.jpg

Nesse dia, saímos às 16h00 do centro, em asfalto. Passamos pelo Cemitério da Paz e depois contornamos o campo de futebol. A trilha do Cemitério é seca e muito dura, daquelas que fazem a magrela quicar e sair de traseira nas descidas, em 20 minutos entramos no bairro Gabiroba. 1,5km de asfalto, crianças nas ruas e adultos cambaleantes nos vários butecos com sinuca. Alívio quando saímos dessa confusão e entramos na descida em trilha para a antiga Fazenda do Orlando. A galera empolga, morro-abaixo em single-track. BTT na cola de BTT e a poeira sobe entre as curvas fechadas.

4.jpg

São 17h00 e entramos na segunda perna-conexão (Orlando-Cedros). Poucos metros de asfalto seguidos por 3 km de estradão de terra. Subida longa e desgastante, sem dúvida a pior parte do rolé. Com 20 minutos está feita a ligação. Hora de pular a cerca para curtir a melhor parte do passeio, a trilha da Pureza: um desnível acentuado, distribuído por mais de 1km no meio da mata nativa. Sequência adrenante de curvas em trilha fechada, alta velocidade com visibilidade de 1 ou 2 metros à frente. Depois do downhill, um bom trecho de xc em trilha só faz aumentar a diversão.

2.jpg

Após 25 minutos em single-track, voltamos à Fazenda do Orlando e quando parece que terminou a diversão, uma discreta porteira surge na outra margem da estrada. É o acesso para um trecho quase plano, mas nem por isso sem graça em trilha sinuosa com erosões, palco para disputas francas.
Atravessamos o bairro Gabiroba e Ribeira. Entre eles cobrimos mais uma conexão de estrada asfaltada. Entramos no bairro por uma rua apertada, um quintal entre galinhas e crianças e estamos de volta à trilha às 18h20.
Com 10 minutos pela trilha no pasto da Ribeira, cruzamos uma estrada asfaltada e continuamos pelo bairro de mesmo nome. Na escuridão, entramos na área operacional da CVRD. Uma estrada de terra nos leva morro acima até que a abandonamos, hora de usar a reserva dos pulmões, pernas e neurônios.
São 18h50 e com a lua cheia e cor de laranja, saímos do último desafio em trilha. Um breve acesso entre eucaliptos. A terra vermelha, socada e úmida aumenta a dificuldade. Quando entramos no bairro Bálsamos, o jogo já está ganho.

Às 19h10 abrimos a longa subida em asfalto no Bálsamos, e no final, a última trilha descende pela encosta de um morro. Passamos pela vila da Conceição e chegamos ao asfalto.

Agora é entrar novamente na cidade e rumo de casa.

Anúncios

Comentários»

1. moises - junho 2, 2007

parabens para todos os praticantes da BTT felicidades moises-Portugal

2. joao vitor - junho 20, 2011

essa trilha do cimiterio é o melho sigle track que ja andei!!!! mt tecnico.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: