jump to navigation

A transmissão de forças

A transmissão de forças

Depois da roda, a principal mágica da bicicleta é a transmissão de forças. Mas pensemos além transmissão da força dos pedais para a roda, feita através da corrente. Existem outras peças numa BTT que também servem para transmitir forças. Na verdade, são peças que trabalham quase todo o tempo sob tensão. São os cabos de aço. Juntamente com os conduítes, são eles os responsáveis por transmitir força da ponta dos dedos da mão até os freios e câmbios dianteiro e traseiro.

cabos03.jpg

Numa bicicleta de freios convencionais existem quatro cabos de aço com comprimetos e espessuras diferentes, e que executam tarefas distintas. O dois cabos que servem ao sistema de freios são mais grossos do que aqueles que servem aos câmbios, e a pressão sobre eles se dá de forma diferente. Cada um a seu modo, os cabos movem-se milimetricamente por dentro dos conduítes e, por serem partes móveis, é importante que sejam periodicamente lubrificados. Isto se faz afastando os conduítes, limpando a graxa antiga e colocando graxa nova, um pouquinho só, e espalhando com a ponta dos dedos.

O encaixe dos conduítes é fator essencial para garantir bom funcionamento do equipamento e segurança nos passeios. Um cabo de freio enjambrado pode aumentar suas chances de não conseguir parar a BTT numa curva, aumentando suas chances de ganhar algumas escoriações. Um cabo de câmbio mal colocado pode comprometer a durabilidade do equipamento. Por equipamento podemos entender inclusive as mãos, pois a força desnecessária fadiga os dedos e pode causar uma LER – Lesão por Esforço Repetitivo. Confira regularmente o estado e o funcionamento desta importante peça
em sua BTT.

cabos02.jpg

Pedale com segurança. A razão de conhecermos bem as partes e o funcionamento de uma bicicleta é que temos que estar sempre de olho nas condições dos componentes de nossas bicicletas. Isso proporciona maior segurança e garante a diversão dos passeios.

Bom pedal!

Anúncios

Comentários»

1. Léo Menezes - outubro 25, 2006

É isso aí Diogo,os grandes toques saõ sempre bem simples, o negócioé a atenção com o equipamento e cuidado nas pedaladas.grande abraço

2. Uchiha Sasuke - setembro 29, 2008

Vocês pedalem com segurança

3. Cabo de aço - Wilson - março 19, 2011

Muito bom o post! Achei bem interessante. Me chamou a atenção principalmente a parte que você comenta sobre os cabos. Um abraço! Wilson


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: