jump to navigation

Pneus: configurações e pressão

Por ser o componente da bicicleta que fica em permanente contato com o solo, transferindo para o conjunto todas as suas imperfeições, o pneu pode ser o fator decisivo para proporcionar segurança e conforto em sua viagem.

Conhecer a mistura de ingredientes do terreno a ser enfrentado – leia-se pedras, poeira e água – é muito importante para a escolha do pneu correto.

Sabendo que cada pneu de uma bicicleta tem uma função diterente e portanto caracrterísticas distintas, podemos entender porque o tipo de pilotagem desejada e o terreno a ser enfrentado estão diretamente relacionados com os pneus e a pressão utilizada. O pneu dianteiro desenha o caminho e dá segurança nas curvas, enquanto que o pneu traseiro é responsável pela tração. Os dois sofrem também de maneira diferente nas frenagens.

Pilotagem mais agressiva requer pneus com cravos mais consistentes (duros) na frente, e alguma tração atrás. A atençãop deve ser redobrada se você usa pneu liso na frente. Cuidado! Nas curvas, a possibilidade de você “sair de frente” são grandes. O pneu dianteiro nunca pode ser completamente liso. Deve apresentar minimamente sulcos.

pneu-diant-sujo.jpg

Em terrenos acidentados e arenosos ou de pedras soltas, cravos grandes atrás apresentam melhor desempenho. Em terrenos planos ou rochosos e pouco arenosos, pneus mais lisos podem ser a melhor opção. A tração pode ser regulada com a transferência de peso do ciclista em cima da bicicleta. Se optou por usar pneu liso atrás, em determinados momentos o piloto pode deslocar seu peso para o pneu traseiro, aumentando seu contato com o solo e consequentemente o poder de tração.

Se o seu caso são longas distâncias em asfalto, pneus mais lisos podem ajudar em sua performance, mas na chuva tornam-se perigosos, pois o chão fica escorregadio. Se sua btt enfrenta muitas trilhas com raízes e pedras de vários tamanhos prefira pneus com cravos de tamanho intermediário. Nem muito grandes nem muito pequenos. Fornecem boa aderência e não acumulam muita sujeira em condições de muita água.

bontrager-slick-molhado.jpg

Mas apenas a escolha do pneu correto não é suficiente para garantir conforto, segurança e rendimento. A pressão utilizada é essencial. Podemos dizer que ela define o comportamento de cada pneu.

Pneus cheios tocam menos o chão, oferecem menos resistência e transferem para o conjunto maiores impactos. Ao contrário, pneus vazios tornam-se moles e amoldam-se com mais facilidade às irregularidades. A pedalada fica pesada, porém o poder de amortecimento aumenta sensivelmente.

Confira na banda do seu pneu o intervalo de calibragem recomendada pelo fabricante. Pneus muito cheios ou muito vazios furam mais facilmente em situação de pedras e raízes. Descubra qual a calibragem ideal conjugando o seu peso, seu estilo de pilotagem e o terreno a ser enfrentado.

Uns preferem pneus com muitos cravos para terrenos irregulares e pedras grandes, outros preferem pneus lisos para terrenos mais planos, firmes ou arenosos. Uns andam com muita pressão nos pneus, outros com menos. Uns variam a calibragem, outros andam sempre com a mesma pressão. Isso varia de piloto para piloto. O importante é conhecer a sua pilotagem e adequar seu equipamento para que ele lhe proporcione rendimento na trilha, nunca deixando de lado do mais importante: o prazer de pedalar.

Comentários»

1. Braz - maio 5, 2011

Olá. Peso 85kg e tenho 1,80m. Possuo uma mountain bike caloi supra. Qual a calibragem ideal para os pneus para asfalto e para trilhas? De dia no asfalto a calibragem deve ser menor que a noite? Quanto? Obrigado.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: